Follow by Email

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Região Sudeste




A Região Sudeste se destaca perante as demais por concentrar grande parte da riqueza do país.
A diversidade de elementos naturais caracteriza o Sudeste como uma região de paisagens variadas.
A exploração do ouro deu início à ocupação da Região Sudeste, intensifica, mais tarde pelo desenvolvimento da cafeicultura.
A organização do espaço do Sudeste é caracterizada pela grande concentração econômica e pelo elevado grau de urbanização.
O sudeste é a região mais industrializada do país e conta com uma agropecuária moderna, mas o setor terciário é o responsável pela maior parte da geração de renda.

Desde o início da colonização de Brasil, os portugueses, sabendo das riquezas minerais descobertas na parte da América pertencente aos espanhóis (México e Peru), tentavam a todo o custo descobri-las em nosso território.

Com a descoberta do ouro, no final do século XVII (1690), no atual estado de Minas Gerais, na região das cidades de Sabará, Mariana e Ouro Preto, surgiu para Portugal uma nova fonte de renda muitas vezes superior ao açúcar, que entrava em decadência.

A partir dessa época, como decorrência da corrida do ouro, o espaço do Sudeste começou a ser ocupado e organizado.
Depois veio o café, que deu impulso à industrialização no país.

Desde o século XVIII, em decorrência de suas atividades econômicas, a região Sudeste não parou de receber contingentes populacionais vindos de outras regiões e de fora do país.

A mineração foi a atividade que deu início ao processo de atração populacional, sendo seguida pelo cultivo do café (até a década de 30 deste século). Por último, a atividade industrial (a partir de 1950), juntamente com outras atividades ligadas a ela, gerou muitos empregos, atraindo grandes contingentes de migrantes das mais variadas regiões, principalmente do Nordeste.

A região Sudeste abriga mais de 40% do total da população do país, sendo a mais populosa e também a mais densamente povoada (cerca de 70 hab./km2) das regiões brasileiras.

Essa elevada concentração de habitantes deve-se não apenas ao recebimento de migrantes, mas também ao crescimento vegetativo da população da região.

A maior parte do relevo da Região Sudeste encontra-se acima de 500 metros de altitude. Esse fato, associado à localização, explica a predominância do clima tropical de altitude em grande parte do território.
A Região Sudeste é abrangida pelas bacias hidrográficas do Rio Paraná, do Rio São Francisco e pelas bacias do Leste e do Sul-Sudeste.

A associação dessa rede hidrográfica com o relevo planáltico do Sudeste fornece grande potencial hidrelétrico à região.



Escreva como comentário o que mais foi trabalhado em sala e não foi postado ou algum outro fator que vocês julguem necessário que seja retratado no blog.
Abraços....

2 comentários:

  1. Adorei o seu texto Alessandra, agregando diversas características da região sudeste.
    Não podemos esquecer que através da indústria houve todo o desenvolvimento econômico na região, trazendo grande população que habitava no campo para as cidades.

    ResponderExcluir
  2. muito obrigada me ajudou a fazer um trabalho de geografia obre o Sudeste muito legal... só queria que vocês ajudassem em outras matérias a ajuda de vocês é muito útil mais uma vez obrigada

    ResponderExcluir