Follow by Email

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Região Norte




Pesquisado em youtube

17 comentários:

  1. A região Norte é composta por 7 estados: Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima, Tocantins, Amapá e Pará.
    A região Norte tem cerca de 15 milhões de habitantes e em média de 4 habitantes por km².
    A economia do Norte é principalmente o extrativismo (madeira, Látex, açaí, castanha) e a mineração.
    Em sua vegetação predomina o Cerrado, os Campos, a Vegetação Litorânea e principalmente a Floresta Amazônica.
    O clima predominante é o equatorial, quente e úmido. Em algumas partes deste estado predomina, também, o clima tropical e equatorial semi-úmido.
    Essa região possui a maior bacia hidrelétrica do mundo quem é a bacia Amazônica, com o principal rio: Rio Amazônas, com 7 afluentes.
    No Relevo dessa região predomina as planícies, mas, também, há depressões e planaltos.
    A região Norte faz fronteira com 6 países: Venezuela, Bolívia, Peru, Colômbia, Guiana e Suriname.
    Seus principais problemas são a falta de transportes, a falta de saneamento básico e a coleta de lixo, O acesso à saúde e à educação sofre pela falta de investimentos.

    Sabrina M. Moreira, Nº29, 6ªC

    ResponderExcluir
  2. A região Norte é a maior do Brasil e a menos desenvolvida industrialmente.É composta por 7 estados:
    Amapá,Amazonas,Acre,Tocantins,Pará,Roraima e Rondônia.
    Tem aproximadamente 15 milhões de habitantes, cerca de 4 habitantes por km²,composta de miscigenação de índios,sulistas e nordestinos.
    Sua economia é baseada no extrativismo de produtos como:látex,madeira,castanha e açaí.Mas também, é rica em minérios,produtora de grande parte do minério de ferro exportado.
    O clima da região Norte é equatorial úmido,mas em áreas restritas como Tocantins e partes do Pará e Roraima podemos encontrar o clima tropical e equatorial semiúmido.
    A vegetação é composta por cerrado, campos , vegetação litorânea e a Floresta Amazônica, que possui grande biodiversidade.
    O relevo é composto de planícies(predominante), planaltos e depressões.
    Devido a sua grande extensão equatorial , a região faz fronteiras como 6 países: Colômbia, Peru,Venezuela,Bolívia, Guiana e Suriname, Além da Guiana Francesa.
    Os principais problemas da região são: falta de transporte, falta de saneamento básico, coleta de lixo, pouco acesso à saúde e educação devido a falta de investimento do governo.

    Bruna Achtschin - 6ªA - nº8

    ResponderExcluir
  3. RELEVO: Ao norte da região temos o Planalto das Guianas, onde está a montanha mais alta do Brasil: o Pico da Neblina, com 2.993 m (segundo medição feita em 2004) na fronteira com a Venezuela. Ao sul temos o prolongamento do Planalto Brasileiro. Entre estas duas áreas, uma extensa planície drenada pelo rio Amazonas e seus mais de 7.000 afluentes.
    VEGETAÇÃO: predomina a Floresta Equatorial, a qual podemos subdividir em 3 tipos:
    - floresta de terra firme (a maior parte da região), com árvores que podem alcançar 60 metros de altura. Em muitos lugares, a copa das árvores forma uma espessa coberta que quase impede que a luz solar chegue ao solo. Isto torna o interior da floresta escuro e úmido. Na floresta de terra firme, há importantes espécies de árvores, como a castanha-do-pará, o "timbó" (árvore usada pelos índios em suas pescas) e o mogno;
    - as florestas inundáveis existem em regiões que são inundáveis somente durante parte do ano. Nesta área, podemos encontrar a seringueira (árvore de onde se extrai o látex usado na produção de borracha), o jatobá e palmeiras;
    - a floresta de igapó existe próxima aos rios em áreas quase permanentemente inundadas, exceto por curtos períodos. As árvores alcançam o máximo de 20 metros, porém é mais comum encontrarem-se arbustos de 2 ou 3 metros de altura máxima.
    Em Roraima e no Tocantins existem também grandes extensões de pastos naturais, com características climáticas e vegetais semelhantes aos "cerrados" brasileiros e aos "llanos" da Venezela.
    CLIMA: Predomina o clima equatorial quente e úmido, com abundantes chuvas e pouca variação de temperatura (dias e noites quentes e abafados). Raras vezes, quando o inverno é mais intenso no hemisfério sul, a massa polar atlântica penetra pelo continente até alcançar a região Amazônica, derrubando as temperaturas em um fenômeno conhecido por "friagem".
    A base econômica da região é a extração vegetal, principalmente madeira (mogno e outras espécies), borracha (obtida de seringueiras no interior da selva. Na região não há cultivos de seringueira), castanha-do-pará, guaraná e frutas nativas. No Tocantins, temos extração de babaçu e carnaúba.
    Outra atividade econômica importante é a extração mineral: ferro, bauxita e ouro no Pará (se estima em 18 mil milhões de toneladas o total de minério de ferro na Serra dos Carajás, estado do Pará). Se explora minério de manganês na Serra do Navio (Amapá) e Rondônia. A Serra dos Carajás também tem reservas de cobre (mais de 1 bilhão de toneladas), níquel, alumínio e manganês. No Amazonas há também reservas de gás natural, algumas já em produção.

    ResponderExcluir
  4. O comentário acima é meu, Matheus Augusto Coelho Quitete-6ªsérie C- Nº24

    ResponderExcluir
  5. A região é difícil de ser efetivamente ocupada, pois a densa floresta e o clima equatorial úmido não facilitam a produção humana.

    No passado, as atividades econômicas desenvolvidas na região eram apenas extrativas: borracha, castanha, plantas medicinais e ornamentais, aves, peixes etc. Nas últimas décadas, porém, tem-se intensificado o ritmo de ocupação, com o alargamento da fronteira agrícola, o estabelecimentos de amplos projetos agropecuários, de exploração mineral e de extração de madeira, levando à abertura de rodovias de integração. Tudo isso tem sido realizado em ritmo acelerado, sem levar em conta o equilíbrio da natureza; a agressão à fauna e à flora é constante através das queimadas, do desmatamento, da mineração intensiva, de caça e pesca predatórias.
    Situam-se na região norte os estados do Acre, Amazonas, Pará, Rondônia, Tocantins, Amapá e Roraima.A ocupação humana e toda a atividade econômica da Região Norte foi condicionado pela presença do rio Amazonas e da extensa floresta amazônica.
    A vegetação é composta por cerrado, campos , vegetação litorânea e a Floresta Amazônica, que possui grande biodiversidade.


    Devido a sua grande extensão equatorial , a região faz fronteiras como 6 países: Colômbia, Peru,Venezuela,Bolívia, Guiana e Suriname, Além da Guiana Francesa.
    Os principais problemas da região são: falta de transporte, falta de saneamento básico, coleta de lixo, pouco acesso à saúde e educação devido a falta de investimento do governo.



    Alessadra , eu adoreii esse video , achei muito interessante , e fala especificamente sobre a região norte , qem qer aprender , e tirar nota boa , tá ai um jeito fácil e totalmente resumido. Adorei mesmo , interessantissimo.

    ResponderExcluir
  6. A região norte é a maior região brasileira. Seus estados e capitais são: Amazonas (Manaus), Amapá (Macapá), Pará (Belém), Tocantins (Palmas), Rondônia (Porto Velho), Acre (Rio Branco), Roraima (Boa vista), faz fronteiras com Bolívia, Colômbia, Peru, Venezuela, Guiana, Suriname. Sua população é de 15 milhões de habitantes e composta pela miscinegação de índios nordestinos e sulistas. Economia impulsionada pelo extrativismo de produtos como a madeira, látex, açaí, castanha. Tem pouca atenção do governo federal. A vegetação é composta por cerrado, campos, vegetação litorânea e principalmente Floresta Amazônica. O clima predominante é o equatorial quente e úmido, e em algumas partes até mesmo o clima tropical. Relevo composto de planícies, depressões e planaltos. Os principais problemas são: falta de transporte, falta de saneamento básico, coleta de lixo, acesso à saúde e educação devido à falta de investimentos.

    Gabriella Martins 6ª série C

    ResponderExcluir
  7. - É a maior região brasileira;
    - É composta por 7 estados: Amazonas (Manaus), Amapá (Macapá), Pará (Belém), Tocantins (Palmas), Rondônia (Porto Velho), Acre (Rio Branco) e Roraima (Boa Vista);
    - Faz fronteira com 6 países da América do Sul: Bolívia, Conlômbia, Peru, Venezuela, Guiana Suriname, além do território da Guina Francesa;
    - População com cerca 15 milhões e em média 4 habitantes por km²;
    - Economia é impulcionada pelo extrativismo de produtos como: madeira, látex, açaí e castanha. Rica também em minérios.

    Alexandra Victória Rodrigues Coleta, Nº 02, Turma "C"

    ResponderExcluir
  8. A região Norte é composta por 7 estados, ela é a maior região brasileira, faz fronteiras com 6 países da America do Sul, em algumas partes da região a energia é fornecida por usinas hidrelétricas e em outras o abastecimento depende de geradores a óleo diesel, seu relevo tem três patamares de altitude - igapós, várzeas e baixos platôs ou terra firme - definidos pelo volume de água dos rios, em função das chuvas e abrange uma área de 3.869.637,9 km2, que corresponde a 45,27% do território brasileiro.
    Luisa Nery - 6ª série A

    ResponderExcluir
  9. A região Norte é composta basicamente por sete estados, fazendo fronteira com seis países da América do Sul.
    A vegetação é composta por cerrado, campos, vegetação litorânea e principalmente a Floresta Amazônica.
    O clima predominante é o equatorial, quente e úmido. Em algumas partes como Tocantins e parte do Pará e Roraima apresentam o clima tropical e equatorial semi-úmido.
    A economia é baseada no extrativismo e é rica em minérios.
    População com cerca de 15 milhões de habitantes.
    É a região menos desenvolvida industrialmente.
    A região Norte abrange vários problemas sociais, entre eles a falta de transporte, falta de saneamento básico, coleta de lixo, acesso a saúde e educação devido a falta de investimentos.
    Sofia Oliveira , Nº 33, 6ª série C

    ResponderExcluir
  10. A região Norte é a maior região brasileira, possue 7 estado, que são Amazonas (Manaus), Amapá (Macapá), Pará (Belém), Tocantins (Palmas), Rondônia (Porto Velho), Acre (Rio Branco) e Roraima (Boa Vista. Faz fronteira com Bolívia, Colômbia, Peru, Venezuela, Guiana Suriname, além do território da Guina Francesa. A vegetação é composta por cerrado, campos, vegetação litorânea e principalmente Floresta Amazônica. O clima predominante é o equatorial quente e úmido, e em algumas partes até mesmo o clima tropical. Relevo composto de planícies, depressões e planaltos. Economia impulsionada pelo extrativismo de produtos como a madeira, látex, açaí, castanha. Tem pouca atenção do governo federal. População com cerca de 15 milhões e em média 4 habitantes por quilômetro quadrado.
    Túlio Corrêa - 6° C - 36.

    ResponderExcluir
  11. Região norte
    A região norte é composta por 7 estados, são esses e suas capitais:
    *Amazonas – Manaus;
    *Acre – Rio Branco;
    *Rondônia – Porto Velho;
    *Tocantins – Palmas;
    *Roraima – Boa Vista;
    *Amapá – Macapá;
    *Pará – Belém.
    E faz fronteira com 6 países:
    *Peru;
    *Bolívia;
    *Guiana;
    *Colômbia;
    *Venezuela;
    *Suriname;
    *E ainda o território da Guiana Francesa.
    A região tem um povo muito diversificado, com: índios, sulistas e nordestinos.
    O relevo dessa região consiste em planaltos, planícies e depressões.
    A vegetação é composta por: cerrado, campos, vegetação litorânea e floresta amazônica.
    O clima é tropical e equatorial quente e semiúmido, dependendo da região. Com esse clima, favorece a quantidade de chuvas que ajuda na fauna e na flora. Dando à região uma grande biodiversidade.
    A economia do Norte é impulsionada pelo extrativismo, com produtos: madeira, látex, açaí e castanhas. Também é rica em minério de ferro.
    A região tem uma das maiores bacias hidrográficas do mundo (rio Amazonas).
    O Norte é a menos industrializada,com pouca atuação tecnológica.
    As indústrias que atuam na região, são: de alimentos, têxtil, couro, borracha, etc.
    A culinária é feita de animais encontrados e vegetação cultivada na região.
    O governo investe pouco no Norte, faltando para a população:
    *Meios de transporte;
    *Educação (escolas);
    *Saneamento básico;
    *Coleta de lixo;
    *Saúde (hospitais).
    Alessandra, adorei o vídeo, principalmente esse final, que vou levar para mim: “É possível utilizar os recursos da floresta sem destruir, mas isso depende exclusivamente de você! Reparar todos os estragos da Floresta Amazônica seria um tanto quanto hipócrita, mas deixar que eles continuem acontecendo, seria mais hipócrita ainda.”
    Alice Bretas Araújo - n:3 - 6 série C

    ResponderExcluir
  12. Alessandra , achei um video super interessante , e queria compartilhar com você :

    http://www.youtube.com/watch?v=Y58tK5v-LyA&feature=related

    ResponderExcluir
  13. Oi Alessandra, encontrei esse vídeo que você passou na sala, vou estudar MUITO. Obrigado,
    Iana

    ResponderExcluir
  14. *Formada por 7 estados: Amazonas (Manaus), Acre (Rio Branco), Amapá (Macapá), Rondônia (Porto Velho), Tocantins (Palmas), Pará (Belém), Roraima (Boa Vista).
    *Faz fronteira com 6 países da América do Sul: Suriname, Guiana, Venezuela,Colômbia, Peru e Bolívia além do território da Guiana Francesa.
    *População composta de Índios, nordestinos e sulistas.
    *A economia é baseada no extrativismo natural ( madeira, látex, açaí e castanhas) e mineral.
    *Esta região é quase que abandonada pelo Governo Federal.
    *Vegetação: Cerrado, Campos, vegetação litorânea e a Floresta Amazônica.
    *O clima é equatorial úmido (quente, mas chove o ano todo).Região do Pará e Tocantins apresentam clima equatorial semi úmido e Tropical.
    *O clima exerce uma influência na vegetação e a vegetação no clima.
    *Destaca-se pela abundância da fauna e da flora.
    *Possui a maior bacia hidrográfica do país e praticamente todos os rios são navegáveis. Sendo o rio Amazonas o principal com 7000 afluentes.
    *Relevo: Planícies, Depressões e planaltos aplainados.
    *É a região menos desenvolvida industrialmente.
    *Indústrias atuantes na região: têxtil, de alimentos, borracha, couro entre outras.
    *Existe falta de transporte rodoviário. E a maneira mais eficiente de transporte é a hidroviária.
    *Alguns lugares tem o desprovimento de saneamento básico e coletas de lixo.
    *A área da saúde e educação sofre com a falta de investimentos.

    ResponderExcluir